Preethaji, a guru sob medida para os nossos dias

Calma, Conexão, Abundância e outras maravilhas que você pode acessar com os ensinamentos da professora espiritual indiana

Nunca trabalhamos tanto, nunca vivemos de forma tão acelerada, sujeitos a um volume tal de informação – ou desinformação -, nunca estivemos tão estressados. Neste novo mundo tóxico, onde proliferam ensinamentos sobre como levar uma vida mais saudável e feliz, a mestre espiritual indiana Preethaji circula com grande competência e simpatia, palestrando em empresas na Califórnia, voando para o Japão para falar em eventos, ministrando workshops no Brasil. Só neste ano de 2019, Preethaji já esteve em 36 países.

Há poucos dias, a pequena indiana de 44 anos e sorriso perene esteve entre nós, no workshop Field of Abundance (Campo da Abundância), ao qual acorreram 400 pessoas dos mais variados pontos do país, e alguns também da América Latina. De quinta-feira a domingo, sem descanso, jovens na faixa dos 20, casais nos seus 40 e poucos, senhores e senhoras mais vividos reuniram-se no confortável Sofitel Jequitimar, na praia paulista de Guarujá, para aprofundar seu conhecimento sobre si mesmas, encarar suas mazelas, respirar fundo e deixar ir, sob a batuta da mestra. Foi uma maratona, disseram alguns, mas tudo, absolutamente tudo, valeu a pena.

O reconhecimento internacional de Preethaji deve-se, em alguma parcela, ao contexto atual: seria preciso estar vivendo em outro planeta para não perceber o crescente interesse pelo autoconhecimento, vida saudável e harmonização entre os âmbitos pessoal e profissional, que invadiram o mundo contemporâneo. Até mesmo a alimentação passa agora por uma revolução, com a crescente demanda por alimentos orgânicos, carne vegetal e que tais. A este cenário, além de talento natural, Preethaji traz uma longa caminhada, com formação acadêmica, muito estudo e trabalho duro.

Nascida em Chennai, no leste da Índia, aos 8 anos a menina percebeu que sua compaixão e empatia pelas dores alheias eram um atributo muito peculiar e pessoal, raramente compartilhado por outros humanos: “senti que as pessoas, ao contrário do que acreditava, viviam envoltas em si mesmas, com um forte sentido de separação, desconectados dos demais. Fiquei preocupada e desde então penso como fazer para mudar isso e ajudar as pessoas a experimentar uma verdadeira conexão espiritual,” conta ela. Aos 17 anos, teve um despertar espiritual, que ela reputa como um divisor de águas, que a levou a dedicar sua vida à missão de professora espiritual.

A formação acadêmica aconteceu na Índia (graduação em Contabilidade), Austrália (mestrado em Administração) e novamente na terra natal, com mestrado em Filosofia. A carreira fixou-se no ensinar, e para isso, ao lado do marido, Krishnaji, criou a O&O Academy (escola de meditação e filosofia para transformação da consciência) e a OWA (One World Academy), fundação sem fins lucrativos, voltada a revolucionar a forma de pensar dos humanos. A fundação já promoveu a educação de mais de 150 mil crianças, jovens, adultos e professores na Índia. Também criou a World Youth Change Makers, uma comunidade de jovens dedicada a transformar o futuro através da revolução da consciência, e a One Humanity Care, fundação cuja missão é aprimorar a qualidade de vida em 10 mil vilas indianas.

O novo livro do casal será lançado no Brasil em 2020

O trabalho como professora espiritual é também compartilhado com o marido, que procura estar mais ligado à base, enquanto à Preethaji cabe a missão de disseminar o conhecimento, uma espécie de globetrotter espiritual moderna. Apoiada na tradição milenar indiana, aliando conhecimentos filosóficos, ela criou cursos cujo fundamento são processos meditativos profundos e transformadores, o ponto focal da experiência do Ekam, ou o Campo da Unidade. Este campo comporta o maior edifício autossustentado do continente asiático, todo em mármore, uma maravilha arquitetônica cuja função é impactar o cérebro e a consciência humana, acelerando o processo de transformação mundial. Visitantes ilustres, como Toni Robbins, palestrante motivacional e escritor de vários best-sellers, Ari Emanuel, CEO da Endeavor e Casey Cheahan, CEO da Patagonia, atestam o resultado das experiências vividas com o casal, e ajudam a espalhar a fama mundial.

Nenhum destes fatos biográficos, no entanto, prepara o participante para a experiência de um ‘retiro’ com a guru. Tanto Preethaji quanto o marido, filho de um líder espiritual famoso, Sri Bhagavan, de quem o casal herdou o Ekam, procuram fortalecer o aspecto da espiritualidade em seus muitos trabalhos – palestras, workshops, festivais realizados na sede da academia na Índia – e valorizar a conexão fundamental do ser humano, básica para transformar a vida, trazer alegria, paz, abundância. “O importante é trazer o lado espiritual da existência para a vida prática, para o dia a dia,” explica Luciano Castiel, representante da O&O Academy no Brasil. “não se trata de uma religião, mas de incorporar a espiritualidade na nossa vida, poder olhar para si mesmo e perguntar ‘o que eu preciso desenvolver para ser a pessoa que quero ser?’. É aprender como trabalhar na sua transformação sem culpar ninguém, nem o mundo, pelo que acontece(u) com você.”

Os participantes do workshop no Brasil buscavam isso tudo, e um pouco mais. Uma senhora de meia-idade queria, além da conexão espiritual, reencontrar o amor. Uma mulher mais jovem buscava o desenvolvimento individual em todos os sentidos, além da força para desbravar seu caminho profissional. Alguns casais buscavam reestabelecer a intimidade e a alegria no casamento. As diversas palestras da serena Preethaji, seguidas de meditações guiadas por ela ou pelos jovens professores da academia, Anand e Yuktesh, conduziram os participantes em processos profundos de autoconhecimento, vividos em absoluto silêncio para uns, com choro e lágrimas, para outros, mas para todos, certamente, processos dos quais não saíram incólumes.